Arte e artesanato - Acabamento DIY - Técnicas de acabamento

Como pintar ou envernizar objectos de madeira em casa - dicas para principiantes

Pelo número de pedidos de informação que recebi durante este período de isolamento, é óbvio que muitos descobriram novos passatempos. A certa altura, uma senhora pediu-me um link para um artigo que descrevesse, passo a passo, para um principiante, as etapas de acabamento de um objeto de madeira. Foi assim que descobri que esse artigo não existe. Há todo o tipo de Dicas e sugestões de acabamento, falhas que podem ocorrer e como corrigi-lasmas nada reunido num só lugar, como uma folha de dados ou uma descrição de um processo tecnológico. Prometi que ia corrigir isto e estou a apressar-me a fazê-lo agora mesmo.

dicas de tingimento e coloração para principiantes

1. Materiais necessários

Antes de mais, é preciso estar preparado com os materiais necessários. Para além dos vernizes e tintas que vai utilizar, vai precisar de um meio de aplicação e de alguns materiais auxiliares. Aqui estão os que considero necessários:

  • Panos de algodão que não largam pêlos. Por experiência, posso dizer que as melhores t-shirts para este tipo de operações são as de algodão de boa qualidade que foram retiradas de uso. As brancas são ideais, mas pode utilizar as coloridas se souber que a cor não vai sair. Necessitará delas para tirar o pó, limpar as manchas, limpar as mãos e limpar as escovas;
  • Papel abrasivo/esponjas abrasivas. São necessárias tanto para lixar madeira como entre demãos de primário/laca. Para lixar madeira, o papel deve ser de grão 150 ou 180 e as esponjas devem ser médias. Para lixar entre demãos, utilize uma lixa de grão 280 ou 320 ou esponjas finas. Para superfícies brilhantes (que não recomendo, porque são difíceis de obter mesmo para uma lixadora avançada), o grão deve ser no mínimo 400. Os abrasivos também podem ser utilizados para efeitos especiais, tais como angustiado.
  • Varas de madeira para misturar a tinta, uma faca de lâmina curta, um cortador de caixas para abrir as latas.
  • Rolos de papel adesivopara marcar as partes que não quer pintar. Estão disponíveis em qualquer loja de bricolage e são muito fáceis de utilizar.
  • Copo para segurar as escovas em água ou solvente. Depois de ter acabado de aplicar a tinta, para que esta não endureça nos pincéis e para que possa continuar a utilizá-los, lave os pincéis com água ou com diluente, consoante a natureza das tintas utilizadas. Quando não estiverem a ser utilizados, manter os pincéis numa tigela com água/tinerante.
  • Luvas de proteção. Usar luvas mesmo quando se utilizam produtos à base de água. Os produtos à base de água nem sempre são amigos do ambiente. E, de qualquer forma, depois de curado, qualquer verniz ou tinta é difícil de remover.

Para aplicação utilizar escovas, esponjas ou pincéis. Não compre escovas baratas, pois perderá mais tempo a apanhar fios caídos ou a reparar falhas. Compre um conjunto de pincéis de diferentes tamanhos. Nas golas ou em padrões diferentes é mais fácil pintar com pincéis estreitos e finos e as superfícies planas e grandes pintam-se mais depressa e melhor com pincéis grandes. O rendilhado deve ter uma esponja dura porque incorpora menos ar e a superfície resultante será mais agradável ao tato. Certifique-se de que a esponja é resistente ao diluente. As esponjas vulgares aumentam em contacto com o diluente.

Compre os vernizes/tintas correctos. Se estiver a terminar algo que ficará ao ar livre, compre produtos feitos especialmente para o exterior. Os produtos à base de água são recomendados para projectos de bricolage. Livre-se do cheiro de diluente em sua casa. Vá a lojas especializadas, diga para que precisa do material e peça o máximo de informação possível.

Dicas de pintura e envernizamento para principiantes

2. Vai fazer uma grande confusão, por isso prepare o seu espaço de trabalho com antecedência

Terá de ter um local onde possa trabalhar sem ser incomodado e sem medo de se sujar. Algumas recomendações para este local:

  • Escolha o seu lugar no interior. Se possível, encontre um local dentro de casa. A utilização de tintas à base de água torna isto possível. Desta forma, elimina as gomas e o pó que se colam à superfície pintada durante a secagem.
  • Escolha um local bem iluminado. A luz natural é ideal, mas se as suas janelas não forem suficientemente grandes, um candeeiro pode trazer a luz necessária.
  • Certificar-se de que o local é ventilado (são criadas correntes de ar). A ventilação é muito importante para a secagem das tintas, especialmente as tintas à base de água.
  • Proteger o seu pavimento. Nunca se sabe quando pode acontecer um acidente, por isso é uma boa ideia utilizar película protetora (disponível em lojas de bricolage).

Dicas de pintura e envernizamento para principiantes

3. Lixar sempre o substrato de madeira antes de pintar

Lixar o suporte de madeira é muito importante para obter um produto de qualidade. É efectuada tanto para a madeira maciça como para o contraplacado, o folheado ou o MDF fresado. Como mencionado, a lixagem nesta fase é efectuada com uma lixa de grão 150 ou 180 ou com esponjas de lixa de grão médio. Um grão mais fino deixará a superfície áspera e desagradável ao toque e um grão demasiado fino encherá os poros com pó de madeira fino, diminuindo a aderência.

Insista na lixagem nesta fase. Quanto melhor for lixada, melhor ficará a superfície no final. Depois de lixar, limpe o pó com o pano de algodão e verifique a suavidade do acabamento com a palma da mão. Se sentir uma superfície lisa, uniforme e que não risca, pode passar à fase seguinte.

dicas de envernizamento e pintura para principiantes

4. Colorir

Se utilizar um verniz transparente e não quiser que a madeira fique com a sua cor natural, utilize um verniz para coloração soluções de coloração para dar à madeira a cor desejada. Encontre cores clássicas para madeira nas lojas - nuc, carvalho, mahon, pin, miudezas - mas também as cores habituais - vermelho, amarelo, preto, castanho - que podem ser misturadas em diferentes proporções para obter a cor pretendida.

Não utilize uma cor concentrada desde o início. É preferível aplicar várias camadas para chegar à cor do que ter de abrir a cor resultante, o que é muito difícil de fazer.

Os vernizes podem ser à base de água ou à base de solvente. Os vernizes à base de solvente secam mais rapidamente, dão uma cor mais homogénea mas mais baça e levantam menos a fibra da madeira. Os vernizes à base de água secam mais lentamente, podem manchar a madeira, absorver mais profundamente, realçar o desenho da madeira, dar cores mais vivas e levantar mais o veio da madeira. Qualquer que seja a sua natureza, deixe-a secar completamente antes de aplicar uma camada de verniz ou de primário.

Para evitar manchas, o corante pode ser adicionado à primeira camada de verniz/preparador. A coloração é mais uniforme, mas o desenho natural da madeira é menos realçado.

4. Aplicação da primeira demão de verniz ou de primário

O primário para madeira não é o primário que se conhece para o metal. Não é algo que se aplica para evitar a ferrugem, mas para aumentar a aderência e a quantidade de material que forma a película. Existem sistemas de retoque que recomendam primário e verniz ou outros que utilizam um único produto, verniz ou tinta, aplicado em camadas sucessivas. São concebidos para garantir uma aderência suficientemente boa. O primário não tem propriedades de superfície, ou seja, não é resistente a riscos ou a impactos, não tem o mesmo nível de cor ou de aspeto que o verniz ou a tinta. É por isso que deve ser sempre coberto com uma camada final de verniz/pintura.

Aplicar 1-2 demãos de primário antes do verniz. Dilua-o de modo a que se espalhe bem com um pincel ou uma espátula. Se utilizar o mesmo produto (camadas sucessivas de verniz/tinta), substitua o primário pelo verniz/tinta. Deixar secar o tempo recomendado antes de lixar. É preferível deixá-lo atuar de um dia para o outro.

dicas de envernizamento e pintura para principiantes

5. Lixagem entre demãos

Lixar entre as camadas A lixagem é efectuada para remover as fibras levantadas durante a coloração ou a aplicação do primário, as poeiras retidas na película ou as irregularidades da película durante a aplicação. A película deve estar completamente seca aquando da lixagem. Utilizar uma lixa de grão 280 ou 320 ou esponjas abrasivas finas. Quanto melhor for a lixagem, mais lisa será a superfície final. No final, lixar com um pano de algodão.

6. Aplicação da última camada de verniz ou de tinta

Por fim, aplique uma camada de verniz ou de tinta. Se, nesta altura, já tiver verificado que o pincel não é o mais adequado, mude-o. Não quer que a superfície do pincel fique esburacada e com pêlos. Dilua a laca de acordo com as instruções da embalagem, para que não fique limpa, mas também não risque. Aplique com muito cuidado, pois esta é a camada superior. Pode corrigir quaisquer erros apenas polindo, mas é difícil de fazer para um principiante e pode obter superfícies mais brilhantes do que deseja.

Recomendações
  • Limpar sempre o pó com um pano. O pó reduz a aderência e prejudica o aspeto da película;
  • Nunca agite o pano do pó perto da película molhada ou no espaço onde vai pintar. O pó é o maior inimigo das películas de verniz ou de tinta;
  • Só colorir se for aplicar verniz. Este é transparente e é possível ver a cor e o desenho da madeira. A tinta é opaca e a coloração torna-se desnecessária. Isto só pode ser feito no caso do efeito envelhecido, quando a lixagem parcial chega à camada inferior;
  • Não forçar a secagem. A película pode ficar mole no interior. Com vernizes à base de água, pode acontecer que a água permaneça na película e dê um aspeto opalescente. Esta desaparecerá com o tempo, mas durante algum tempo não terá um aspeto agradável;
  • Não colocar os objectos molhados em correntes de ar fortes. A película descolar-se-á e formará "ondas";
  • Não aplicar camadas espessas. É melhor aplicar 2-3 camadas finas do que uma camada grossa. As camadas espessas dão origem a tensões na película que podem rachar com o tempo;
  • As tintas com giz, do tipo Annie Sloan, devem ser cobertas com cera ou verniz. Caso contrário, não fixam e não são resistentes à humidade e aos riscos.

Comprometo-me a completar este guia se verificar que me escapou alguma coisa. Também pode ser completado com as suas perguntas. Deixe-as abaixo, no espaço fornecido, e eu comprometo-me a responder a cada uma delas.

dicas de envernizamento e pintura para principiantes
Desgastado

Mihaela Radu

Mihaela Radu é engenheira química, mas tem uma grande paixão pela madeira. Trabalha neste sector há mais de 20 anos, sendo o acabamento da madeira o que a definiu durante este período. Adquiriu experiência de trabalho num instituto de investigação, na sua própria empresa e numa multinacional. Deseja partilhar continuamente a sua experiência com aqueles que partilham a mesma paixão.... e não só.

20 comentários

Adicionar um comentário

Este sítio utiliza o Akismet para reduzir o spam. Saiba como são processados os dados dos seus comentários.

  • Hi,
    Se a superfície tiver sido oleada (trata-se de um tampo de trabalho em carvalho laminado), pode ser envernizada na mesma? Se sim, aplicam-se os mesmos passos ou é um processo diferente?
    Obrigado

    • Olá!
      O óleo é a camada final, a superfície pode ser deixada como está, não é necessário envernizar. No entanto, se quiser envernizar, pode utilizar apenas verniz de white spirit (petrosina, gás), verniz de terebintina ou vernizes alquídicos. Não podem ser utilizados vernizes à base de água ou vernizes à base de solventes orgânicos (nitrocelulose, poliuretano, etc.). Estes vernizes são resistentes ao ar livre.
      Antes da aplicação, lixar a superfície (como se a madeira não estivesse polida) para aumentar a aderência do verniz. Se a madeira estiver saturada de óleo, absorverá muito pouco o verniz e terá uma fraca aderência. A lixagem aumenta a absorção e, por conseguinte, a aderência. Aplicar 2 demãos finas, com lixagem entre elas (para uma superfície agradável ao tato).
      O tampo oleado também pode ser revestido com cera. Aplique uma camada fina de lustra-móveis com um pano e, em seguida, lustre com um pano de algodão macio. A superfície ficará com um brilho sedoso muito agradável. No entanto, mancha-se com água quente e fontes quentes (chávenas de café quentes), álcool e não é resistente ao exterior.
      Tudo de bom!

  • Olá, apesar de ter lixado a madeira das cadeiras, limpá-las com diluente, numa delas, a cor migrou, mais precisamente a tinta branca (à base de água) ficou amarelada. Lixei ligeiramente e a primeira demão de tinta, o que fiz de errado?

    • Boa noite!
      Não me parece que tenha feito nada de errado. A cor pode ser causada pelo bolor nos poros da madeira (se se tratar de uma cadeira pintada de novo) ou pelo tanino da madeira. A água da tinta dissolveu-o e fê-lo migrar para a superfície. Nestes casos, são utilizados selantes. São produtos transparentes, mais finos e endurecedores que penetram profundamente na madeira e fixam os taninos e tudo o resto que lá se encontra.
      Penso que o isolamento já está resolvido com a primeira demão de tinta. A segunda demão deve continuar amarela.
      Tudo de bom!

  • Boa noite. Vou pintar uma secretária feita de palha. Estava a pensar em tinta à base de água oskar, mas tenho receio que a superfície de trabalho se risque com o tempo. O que é que eu poderia utilizar para uma melhor resistência? Li sobre o verniz incolor. Será que funciona sobre a tinta branca? Obrigado pela resposta! Tenha uma boa noite!

    • Olá!
      Em primeiro lugar, é necessário certificar-se de que a tinta adere ao aglomerado de melamina. Tanto quanto sei, a Oskar tem uma tinta desse género.
      É possível aplicar verniz sobre a tinta, mas é importante que os produtos sejam compatíveis com verniz duro. Nem todos os vernizes são muito duros. A tinta pode ser ainda mais dura. O verniz para pavimentos é muito duro. Existem vernizes de pavimento à base de água com uma dureza muito boa. É necessário lixar ligeiramente a superfície pintada para garantir a aderência entre as duas camadas.
      É bom saber que o verniz altera facilmente a cor da tinta devido à sua tonalidade amarela.
      Antes de envernizar, é bom verificar a dureza da tinta que está a utilizar e para que é recomendada. Se for recomendada para móveis e não for necessário qualquer outro revestimento protetor, a tinta não deve ser envernizada.
      Tudo de bom!

  • Hi ,
    Tenho uma bancada de cozinha lacada, mas o artesão deixou muitas imperfeições (buracos)
    A minha pergunta é como é que eu poderia cobrir todas estas irregularidades
    Estou a pensar em aplicar uma camada de resina epóxi, mas não sei se é o mais adequado
    Talvez o artesão não tenha selado os poros da bancada antes de aplicar o verniz (a propósito, que produto é utilizado para selar os poros da madeira)

    • Olá!
      Existem massas de diferentes cores que podem ser utilizadas para reparar superfícies defeituosas.
      Se o verniz que foi utilizado para fazer a bancada não for um endurecedor, a resina pode afectá-lo. E para ter aderência, o verniz deve ser lixado. Mas pode verificar a compatibilidade entre o verniz e a resina numa área escondida. Se nada acontecer, pode deitar a resina. Lixe antes para obter aderência entre as camadas.
      Fechar os poros com um primário de preenchimento de poros ou aplicando várias camadas finas e sucessivas de verniz. Em madeira com poros grandes (nogueira, carvalho, freixo), a superfície deve ser verificada 1-2 semanas após a aplicação do acabamento. Durante este período, o verniz "cai" nos poros e estes tornam-se novamente visíveis. A utilização de um verniz endurecedor (poliuretano, endurecível com água) permite evitar este fenómeno.
      Tudo de bom!

    • Olá!
      Pode utilizar vernizes para madeira vulgares, simples (contendo apenas solvente e solvente, sem adição de resinas), à base de água ou de solventes orgânicos. É importante que a madeira esteja completamente seca quando aplicar o verniz. Utilize um verniz especial para parquet, caso contrário, os degraus riscar-se-ão facilmente.
      Se a sua escada interior estiver equipada, recomendo a utilização de produtos à base de água. Existem também vernizes para pavimentos muito duros à base de água. Este verniz elimina os odores desagradáveis.
      Tudo de bom!

  • Olá!
    Tenho uma pergunta.
    Quero pintar um móvel de carvalho que já está lacado. Sei que o móvel precisa de ser limpo, lixado, espanado e depois desengordurado, após o que posso aplicar a camada superior de tinta (estava a pensar usar Oskar à base de água). A minha pergunta é: como é que posso limpar o móvel se este ficar sujo? Devo encerar o móvel para o poder fazer?
    Pretendo que os móveis tenham um acabamento mate.
    Obrigado!

    • Olá!
      Quando a tinta à base de água seca e endurece, deixa de ser solúvel em água, pelo que pode limpá-la como qualquer outro móvel.
      Para o preparar para o tingimento, é necessário começar por desengordurá-lo, lavando-o com um pano humedecido em água e detergente da loiça. Depois de o limpar com um pano limpo e de o deixar de molho, lixe-o com uma lixa de grão 280 ou 320 ou com uma esponja de lixar fina. O lixamento deve ser efectuado, no máximo, algumas horas antes da pintura (3-4 horas) para permitir a aderência da tinta.
      Para obter móveis mate, é necessário comprar tinta mate.
      A tinta normal, como a do Oskar, não precisa de ser encerada. Existem vários tipos de tinta à base de água. Apenas o tipo calcário tem de ser fixado com cera ou verniz, caso contrário não é resistente. O Oskar também pode ser encerado, mas só se quiser. A cera confere-lhe uma proteção extra.
      Tudo de bom!
      https://revistadinlemn.ro/2020/10/29/ce-trebuie-sa-stii-daca-vrei-sa-revopsesti-mobila-sau-usile-de-lemn/

  • Olá,
    Tenho uma escada nova que já foi instalada na minha nova casa. O construtor
    ficou sem paciência. Os degraus foram comprados já prontos e são de faia. Preciso de os pintar num tom de cappuccino (mesmo que saia mais escuro, mas no mesmo tom) porque é o tipo de parquet da sala; já experimentei cerca de 6 tipos de vernizes, manchas, lacas, mas quase todos ficam cor-de-rosa ou avermelhados porque a faia é assim. O que não é cor-de-rosa é outra coisa, mas continuo a não conseguir a cor que quero.
    Contra os degraus, quero torná-los brancos.
    Preciso de ajuda.
    Obrigado!

    • Boa noite!
      A cor avermelhada da faia influencia a cor do fruto. É praticamente impossível que o vermelho da faia não se reflicta na cor da madeira.
      As únicas soluções seriam branquear os degraus e depois tingi-los com a cor desejada ou tingir com um corante cappuccino mais diluído para dar uma madeira semi-opaca.
      A primeira solução é comum nas fábricas que trabalham com faia, mas não é muito simples e deve recorrer a um especialista. As variantes de branqueamento podem ser encontradas no link abaixo. A segunda solução não é complicada, mas o acabamento não será tão transparente como o de uma madeira de faia envernizada. Se não se importa que a madeira seja menos visível, esta é a solução mais simples.
      Boa sorte!
      https://revistadinlemn.ro/2016/11/04/lemn-cu-pete-sau-prea-inchis-la-culoare-se-rezolva/

  • Olá,

    Li o vosso artigo e, se utilizarem tintas à base de água, dizem que aumentam as fibras da madeira.
    Pode dizer-me mais sobre isto?

    Obrigado!

    • Olá!
      A madeira adora água e, quando a encontra, absorve-a. Quando absorve água, a fibra de madeira cortada - ou seja, a fibra que resulta da transformação da madeira em tábuas, vigas, folheados ou outros elementos - incha e a extremidade da fibra sobe. As tintas de base aquosa contêm água que é, como já referi, absorvida pela madeira. Depois de a tinta secar e endurecer sobre o veio elevado da madeira, o veio elevado permanece duro e a superfície torna-se áspera ao tato. Para a tornar novamente lisa, lixe-a entre demãos. As esponjas abrasivas finas ou o papel abrasivo com um tamanho de grão superior a 240 que são utilizados para esta operação sob estas extremidades de fibras endurecidas, e a superfície torna-se novamente lisa. A lixagem é uma lixagem superficial ligeira, apenas para remover estas rugosidades. Isto acontece quando é aplicada a primeira demão de tinta porque depois disso, pelo menos em teoria, a tinta já não entra em contacto com a madeira.
      Sem esta lixagem, é difícil obter uma superfície lisa e agradável ao tato.
      A absorção também ocorre em produtos à base de solventes, mas em muito menor grau.
      Deixo abaixo ligações para outros artigos que podem ser úteis.
      Tudo de bom!
      https://revistadinlemn.ro/2021/07/01/am-aplicat-3-straturi-de-lac-dar-suprafata-continua-sa-fie-aspra-cum-sa-fac-ca-nu-mai-zgarie-sa-fie-fina/
      https://revistadinlemn.ro/2017/01/16/ce-este-si-de-ce-este-importanta-slefuirea-intre-straturi/

  • Olá. Estou a começar agora e quero saber os passos exactos para o acabamento. Com o que devo começar e com o que devo terminar e aqui refiro-me a primário, isco e verniz....
    Depois de lixar a madeira com uma folha de lixa, aplico primeiro a lixa para finalmente obter o brilho. Refiro que não quero brilho de vidro. Algo mais rústico. Mas com um aspeto agradável e elegante. Pode simplesmente aplicar o verniz depois....
    Dobrar o primário e depois do verniz....
    Ou todos...
    Quero compreender exatamente as fases de acabamento.
    Desde já, obrigado!

    • Boa noite!
      Depois de lixar, aplicar a massa, depois o primário e, por fim, o verniz. A madeira é lixada ao longo do veio com uma lixa de grão 120, 150 ou 180. A lixa mais fina (acima de 240) é utilizada para lixar o primário. Após a lixagem, a superfície é lixada com um pano ou com um sopro de ar.
      Pode aplicar verniz à base de água ou à base de solvente. O verniz à base de água penetra melhor na madeira e realça o desenho. Mas levanta mais a fibra e demora mais tempo a secar. A elevação da fibra significa mais esforço ao lixar o primário para obter uma superfície lisa. A lixívia à base de solvente penetra menos na madeira, levanta menos fibras e seca mais rapidamente. A cor é mais uniforme mas mais baça. O corante deve estar completamente seco antes de aplicar o primário.
      O primário assegura uma superfície plana e uma boa aderência à madeira. Aplicar 1-2 demãos, deixar secar e depois lixar. Para lixar, utilizar uma lixa de grão mínimo 240. Se for aplicado um verniz de alto brilho, a lixa deve ter um tamanho de grão mínimo de 400.
      O verniz é aplicado no final, depois de lixar e desbastar a superfície com primário. É o verniz que confere ao acabamento o seu aspeto agradável, o seu brilho e a sua resistência aos riscos, à abrasão, à água, etc. O verniz não é lixado. Os vernizes brilhantes podem necessitar de polimento para obter superfícies perfeitas. O polimento é efectuado com pastas abrasivas de grão mínimo 1000 e discos especiais de feltro ou de microfibras.
      Para todas as informações acima referidas, deixo abaixo ligações para artigos específicos onde as explicações são mais elaboradas.
      Ainda bem que não quer alto brilho. É difícil de conseguir e não combina de todo com mobiliário rústico.
      Só se pode aplicar verniz e verniz. Não se pode fazer uma base e um primário porque o primário não tem propriedades de superfície, ou seja, não é resistente aos riscos e à abrasão, não tem um aspeto e um toque agradáveis, não tem brilho.
      Boa sorte!
      https://revistadinlemn.ro/2018/12/06/colorarea-lemnului-recomandari-pentru-un-aspect-fara-pete/
      https://revistadinlemn.ro/2020/09/17/10-trucuri-pentru-suprafete-din-lemn-perfect-finisate/
      https://revistadinlemn.ro/2022/09/22/de-ce-se-ridica-fibra-lemnului-la-vopsirea-cu-produse-pe-baza-de-apa-ce-facem-ca-suprafata-sa-fie-redevina-neteda/
      https://revistadinlemn.ro/2019/04/18/greseli-din-exces-de-zel-la-slefuirea-manuala-a-lemnului/
      https://revistadinlemn.ro/2017/07/17/sfaturi-pentru-cei-ce-fac-mobila-in-stil-rustic/

      • Olá Sra. Mihaela Radu,
        Podem orientar-me na escolha de produtos para pintar escadas e balaústres de faia em branco? Gostaria de uma tinta que fosse o mais resistente possível a choques mecânicos e que mantivesse a sua cor (não amarelasse) durante anos.
        Acha que é necessário isolar antes de aplicar o primário?
        Obrigado desde já!
        Um belo dia

        • Olá!
          A tinta mais resistente ao amarelecimento é a acrílica à base de solvente. É uma tinta de dois componentes com endurecedor, pelo que tem uma boa resistência mecânica. Aumentar a percentagem de endurecedor com 5-10% aumenta a dureza. Não exceder a percentagem máxima, pois a tinta pode tornar-se quebradiça.
          Outra opção é a tinta para pavimentos à base de água com um aditivo anti-amarelamento.
          Recomendo que compre materiais profissionais. Pode encontrá-los em distribuidores de vernizes e tintas como Sirca, ICA (Lomilux), Sayerlack, Renner, Milesi, etc. Pode encontrá-los na maioria das grandes cidades.
          A faia não é uma madeira tânica, pelo que geralmente não necessita de um isolante. Se estiver a utilizar verniz à base de água, aconselho-o a aplicar também um selante. A água pode dissolver os corantes ou outras substâncias da madeira e a tinta pode mudar de cor.
          Boa sorte!

Categorias

Subscrever a newsletter

pt_PT_ao90Português (AO90)